Artigos

Cinturão de Segurança

Olá Caro Leitor,

cinturão-de-segurança

Cinturão de segurança

Na Matéria de hoje vamos falar de um assunto muito importante e que já faz parte de uma obrigação para muitos usuários o cinturão de segurança.

Primeiramente vamos entender as características deste equipamento e a aplicação dele. O cinturão de segurança tem que atender 2 características principais , a primeira tem que ser super resistentes e a segunda tem que nos oferecer recursos que nos permitam ajusta-los no corpo de diferentes pessoas.

Vamos entender essas características citadas:

Resistência

O cinto de segurança assim como os demais componentes de um sistema de segurança tem que lhe dar com uma força muito grande a uma queda de uma pessoa e são forças tão grandes que algum componente deste sistema tem que ser capaz de amortecer esta queda e preservar o corpo do trabalhador destas forças. Mas nem toda força ou energia da queda vai ser absorvida pelo sistema e o que não for absorvida pelo cinturão vai para o corpo do trabalhador e isso é distribuído através das fitas do cinto onde justifica a segunda característica que citamos acima ou seja ele tem que ser capaz de se adaptar ao corpo das diferentes pessoas.
Nenhum corpo é igual ao outro e o ajuste do cinturão de segurança é de extrema importância e porque são tão importantes?  Imagine um acidente onde ocorra uma queda livre no caso o sistema de segurança vai amparar a queda onde a energia ou a força vai ser absorvida pelo cinturão e que não for absorvida vai para o corpo do trabalhador e são as fitas do cinto que vão distribuir a força pelo corpo todo. O que queremos dizer que é importante o trabalhador ter as fitas extremamente ajustadas pois muitos usuários por causar incômodos deixam as fitas folgadas e aí pode ocorrer uma acidente sério em um caso de queda, usando o cinto bem ajustado ele vai estar bem seguro em caso de acidente.

Em 2010 foram publicadas as últimas normas mais recentes que definiram as características dos epis, inclusive cinturão de segurança e nessa norma se tornou obrigatório que o cinturão de segurança ofereça uma boa capacidade de regulagem das fitas ou seja que permitam ajustes corretos para o corpo de diferentes pessoas. Além disso cinturão de segurança tem tamanho e muita gente não sabe disso, no caso temos tamanho A1 que tem um tamanho um pouco menor e o tamanho A2 no caso para pessoas mais altas ou com mais peso.

Hoje no mercado temos 2 tipos de modelo, o tradicional cinturão paraquedista simples que geralmente é usado na eventualidade de uma queda e o modelo cinturão paraquedista abdominal que geralmente é usado quando o trabalhador tem a necessidade de ficar suspenso pelo cinto pois ele tem mais recursos.

Esperamos que as informações citadas ajudem na escolhe de um cinturão de segurança.

 

Sobre superepi

Sem informação provida pelo autor da matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>