Artigos

Como Proteger as mãos contra riscos de baixa temperatura?

Diversos modelos em luvas de baixa temperatura estão disponíveis no mercado de epis, o que deixa o úsuario um pouco confuso em qual modelo correto escolher. Nesta Matéria iremos  ajudar como Proteger as mãos de baixa temperatura.

A baixa temperatura é um risco e pode causar problemas circulattórios, congelamentos das mãos, queimaduras por frio e peneumonia. As lesões podem ser temporarias ou permanentes. quanto mais baixa a temperatura e maior o tempo de exposição, maior o risco. Por isso a proteção adequada é fundamental.

Geralmente as temperaturas variam de 6 graus positivos até -35 graus negativos, quanto mais baixa a temperatura mais robusta a luva precisa ser para que se atinga o isolamento térmico necessário.

Algumas regras para proteger as mão nessas situações:
1. As mãos devem estar secas e em temperatura normal antes de usar as luvas.

2. As luvas precisam ser fabricadas especialmente para baixa temperatura e não se deve fazer adpatações.
3.A luva precisa ser impermeável, em especial, na palma ou seja não pode ser luva de couro, algodão ou qualquer outro tecido na área de contato que absorva umidade, se a luva absorver umidade e ficar molhada ou congelada, além de ter a sua vida útil compromentida esfriará a mão do úsuario com velocidade e colocara em risco a sua saúde. Luva que o trabalhador execute tarefas que exijam tato pode-se optar por um modelo misto, com palma impermeável e dorso aberto Exemplo: LUVA POLARFLEX DA DANNY

 

 

 

 

 

 

 

4. De preferência a luva de segurança não deve ter cosutaras, pois são pontos de entradas ao frio e com o tempo, tornam-se vulneráveis.

5. Para as temperaturas mais baixas, o forro deve ser de lã térmica para manter a temperatura das mãos. Exemplo Luva Thermaflex Danny

 

 

 

 

 

 

 

6. Alguns casos é possivel utilizar uma combinação de luvas próprias para baixa temperatura, como uma luva térmica especial por baixo de outra luva, seja ela uma luva comum ou também uma luva térmica

Exmplo: Luva Thermaflex danny em conjunto com a Sibéria Danny.

 

 

 

 

 

 

 

Esses são os princípios gerais para as temperaturas mais baixas.

Soluções por faixas de baixa de temperatura:

O tempo de exposição é o fator chave, vamos explicar soluções que podem durar minutos ou horas. Vale lembrar que uma luva capacitada a ser utilizada a uma temperatura mais baixa, pode sim ser utilizadas a temperaturas mais altas. Exmplo: Luvas utilizadas para ambientes -35º C que podem ser usadas em ambientes próximo de 0º.

Para se proteger de temperaturas de -15º e 35º a sugestão é o uso de luvas como exmplo SIBÉRIA DANNY.

http://www.superepi.com.br/luva-de-baixa-temperatura-siberia-da-23000-p36/

Ela é 100% impermeável e sem costuras ideal para exposição prolongada. Não congela nessa faixa de temperatura, tem lã térmica internamente e resistente a trabalhaos pesados..

Se a temperatura for extrema como por exmplo -35º ou o tempo de exposição for muito longo você pode fazer uma combinação de luvas como a SIBÉRIA Junto com a Thermaflex por baixo.

A luva thermaflex apesar de parecer uma luva de algodão comum, ela não é! Pois é fabricado com um fio térmico especial que consegue manter a temperatura do corpo por um tempo mais longo a partir do princípio do isolamento. Foi desenvolvida exatamente para ser utilizada debaixo de outra luva, uma tecnologia especial que mantém a temperatura de forma muito mais eficiente que qualquer outra luva de tecido.

Para se proteger de temperaturas entre 0 e -35º a sugestão como exmplo a LUVA POLARFLEX OU A LUVA CORAL  DANNY

http://www.superepi.com.br/luva-de-seguranca-coral-da-sl530-p99/

A Luva POLARFLEX é mais adequada para para temperaturas de -25º e excelente para usuários que precisam de tato. É bem flexivel e se ajusta bem ás mãos . So é preciso ter atenção para não usá-la em situações nas quais o dorso possa se molhar.

Já a luva coral pode ser usada sozinha em temperatura de até -10 º ou em combinação com a luva thermaflex para uso prolongado em baixas temperaturas, a luva coral é excelente em situações com muita umidade, como na indústria pesqueira e além de ser muito forte mecanicamente.

Para temperaturas entre 6º e 0º podem ser usadas qualquer luva citada no texto acima.

Conclusão: O importante é ter um epi projetado para baixa temperatura, estar alerta ao tempo de exposição, á faixa de temperatura. e jamais improvisar.

Para mais informações entre em contato com consultor técnico da Super EPI.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *